• Débora Fernandes

Eu não sei do que eu gosto...

Já passou por isso? Eu já!

Então vem aqui que vou te dar algumas dicas para resolver isso...




Um belo dia você está envolvido com problemas do trabalho, filhos, de casamento, treta de parentes, mais trabalho, boletos que brotam mais que mato, e aí.... Da até preguiça de pensar, e eu nem falei de emagrecer ainda! Então, em um momento inesperado surge um tempo pra você, e você vai fazer o que? Dormir, claro! Também, nessa rotina exaustante... Ok, corpo descansado, e agora? 😳

Aí é que tomamos consciência de que a nossa individualidade vai se perdendo, não tem mais uma atividade que você gosta mais que tudo, uma música, um restaurante, um lugar... Tudo é feito por hábito, rotina, por influência do sistema que você está inserido.

E é claro que dá para resolver! 1) Primeiro vem o momento nostalgia (aqui você vê que está ficando velho também rs) mas vamos focar na parte boa: o que você gostava de fazer há um tempo atrás? Isso ainda te faria feliz hoje ou faz sentido fazer de novo? Anota no papel. 2) Em um dia anote tudo que você fizer que te traga sensações boas (é para fazer uma lista), na minha tem: ar condicionado, banho quente, promoção de maquiagem, dirigir, etc. 3) Coloca na lista também coisas que você sempre quis fazer mas nunca teve oportunidade.

Já está bom pra começar, mas tente colocar pelo menos 30, isso, TRINTA coisas que te fazem bem nessa lista. Na próxima vez que surgir um tempo pra você, pegue a lista e escolha um dos itens que dê pra você aplicar no momento, ok? É possível sim, e ter essa lista de fácil acesso nos ajuda muito a aproveitar realmente o tempo que tempos, e a focar no presente de forma leve.



Débora Fernandes